Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Histórias Irreais

São pedaços de vida, são desabafos de uns e outros, são partilha

São pedaços de vida, são desabafos de uns e outros, são partilha

Um estranho

Histórias (Ir)reais

 

Olhava-se ao espelho e via as pequenas rugas, os olhos claros, os fios de cabelo que teimavam em sair da trança, lábios finos, rosto corado.

Relembrou os detalhes da noite, a camisa de seda e as calças justas espalhadas pelo chão, o casaco sobre o sofá, os lábios quentes sobre os dela, as mãos que lhe percorreram o corpo.

Da noite quente nos braços dele restou o acordar sozinha numa cama imensa, sem uma palavra o estranho foi-se, sem deixar um contacto.

Eduarda sabia que estava atrasada, arrumou o cabelo, passou o batom e saiu apressada.

 

sozinhaa.jpg

 

Vitória Antunes

Arquivo

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.