Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Histórias Irreais

São pedaços de vida, são desabafos de uns e outros, são partilha

São pedaços de vida, são desabafos de uns e outros, são partilha

Sem palavras

Histórias (Ir)reais

 

Quando se apaixonou aos 18  anos nunca imaginou o que a vida reservara.

Fora obrigada a deixar a paixão para trás ao ir para um País distante, onde se voltou apaixonar, casou, teve dois filhos.

Agora de regresso, já sem marido, com os filhos com a vida estabelecida, regressou ao País que amava.

Encontrou-o, sozinho como que à sua espera,  perto do miradouro que muitos anos antes namoravam, reconheceu-o logo, e ele a ela.

Não precisaram de palavras, só sorriram, abraçaram-se e de mãos dadas trocaram confidências dos anos ausentes.

Ao olhar parecia que o tempo não tinha passado, tinham novamente 18 anos, no riso, no carinho e no amor um pelo outro.

 

maos-dadas-3.jpg

 

4 comentários

Comentar post

Vitória Antunes

Arquivo

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.