Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Histórias Irreais

São pedaços de vida, são desabafos de uns e outros, são partilha

São pedaços de vida, são desabafos de uns e outros, são partilha

Dia do beijo

Em dia do beijo um texto antigo mas que enquadra perfeitamente no dia de hoje.

 

Li um dia destes que fizeram um estudo sobre o que proporciona mais prazer, um beijo ou um chocolate e pasmem, é o chocolate!

 

Eu até nem aprecio chocolate, já beijos é venham eles fiquei na dúvida sobre a veracidade do estudo.

Investiguei melhor e é mesmo verdade, chocolate meio-amargo provoca uma sensação mais longa e intensa na pessoa do que beijar na boca.

 

O estudo foi feito em casais de 20 anos, e os batimentos cardíacos aceleram mais quando se derrete um pedaço de chocolate na boca.

Desde sempre o chocolate esteve associado ao prazer, no caso provoca mais intensidade, tanto no corpo como no cérebro.

 

Segundo a pesquisa o segredo está em deixar derreter o chocolate na boca, é aí que aumenta o prazer, portanto nada de comer chocolates ás dentadas, é deixar derreter suavemente e parece que é um orgasmo.

 

Ah e dura mais tempo, o dobro, portanto é orgasmo duplo.

E não existe diferença entre os dois sexos, é tão estimulante para a mulher como para o homem.

 

Um beijo movimenta 29 músculos, o coração acelera até 150 batidas por minuto, queima entre dez a quinze calorias, e isto num beijo de 10 segundos e tal como o chocolate, existe para todos os gostos.

 

Eu gosto de todos, desde que seja beijo é comigo mesmo, chocolate nem por isso, portanto para manter o equilíbrio vou passar a beijar mais vezes, existe uma grande vantagem do beijo em relação ao chocolate, que esqueceram de referir o beijo não engorda. (Não é que eu tenho problemas em engordar, mas achei por bem informar).

 

61C38E9964-780x600.jpg

   Google imagens

 

2 comentários

Comentar post

Vitória Antunes

Arquivo

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.