Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Histórias Irreais

São pedaços de vida, são desabafos de uns e outros, são partilha

São pedaços de vida, são desabafos de uns e outros, são partilha

Nunca foi

Desde os tempos de miúda sempre foi maria-rapaz, nunca foi o que esperavam dela.

A mulher arrumada, limpa e perfumada com a casa imaculada. Casada, com os filhos sempre limpos.

A mulher que nunca dizia não, que se anulava para o bem estar do marido, dos filhos dos pais e até dos amigos.

Nunca quis ser a mulher perfeita, coser meias, passar camisas ou fazer jantares gourmet, cujos nomes dos alimentos não sabe nem pronunciar.

Detesta vinho do porto ou licores, gosta de cerveja e fumar, conversar sobre bola, cinema ou música, não arranja as unhas e não está a par das últimas tendências da moda.

Nunca foi uma "maria vai com as outras", sempre opinou, sempre barafustou quando era injustiçada, nunca se deixou intimidar por ser ela.

Nunca se curvou por ser mulher, nunca foi o que queriam para ela, preferiu ser feliz.

 

feliz.jpg

 

 

 

Dia dos namorados - Promoção

O dia dos namorados está aí, e eu sei que as minhas leitoras são umas apaixonadas

Quanto mais não seja pela vida certo? Gostam de sentir o apaixonado/a cheiroso/a  certo?

 

Este cantinho e a loja online Essência do Perfume têm, para todos os que quiserem adquirir um presente no site, um código promocional - sexyinp254 - que dá um desconto de 5%  em qualquer compra.

A perfumaria tem muitas opções para homem e mulher, não só perfumes, tem também champôs, cremes, etc, tudo de  marca, e a preços muito jeitosos.

Passem por lá e vejam se gostam de algum produto, aproveitem a oferta, sempre são menos 5% e podem fazer o apaixonado/a feliz, se não tiverem ninguém, aproveitem para se mimarem.

 

 "Amar a si mesmo é o começo de um romance para toda a vida." O.W.

 

perfume.jpgGoogle imagens

 

 

 

 

 

Mais, muito mais

É uma rapariga simples, simpática, adora o mar e passear com as amigas, rir e tirar fotografias.

Dia após dia, escreve histórias irreais, algumas até reais, tudo para que quem a lê no blogue fique mais animado uns dias, outros com a lágrima ao canto do olho, emoções é o que pretende transmitir.

 

Mas há algo que lhe parte o coração, o carinho não é retribuído como deve ser, então não é que poucos leitores têm um gosto na página do blogue, ela quer mais, muito mais. Espreitem  aqui metam um gosto e façam de mim uma mulher feliz

(Ler com humor sff, mas "laikem" na mesma)

 

 

 

feliz.jpgGoogle imagens

 

O problema

Sentou-se no chão da sala vazia, de repente não eram só um, eram dois separados, planos, sacrifícios, tudo sem sentido, ficou ali sentada, não conseguia chorar, gritar ou até falar.

A frase " o problema não és tu" pairava nos pensamentos,  um cliché que nunca pensou viver.

Os anos de dedicação, de partilha, deu tudo, quando ele pediu um encontro na casa que seria deles ainda vazia, para conversar, pensou nas mobílias, cortinados, em futilidades, jamais pensou que era uma despedida, sem grandes explicações, ele saiu, ela continuou lá, afinal o problema era dela.

Disse sim, quando deveria ter dito não, iludiu-se quando sabia que algo não estava bem, aceitou as migalhas que ele lhe deu, esquecera que uma refeição completa é essencial para viver e ser feliz.

 

tristeza.jpgGoogle imagens

 

Intacto

Todos os dias faça chuva ou sol está na porta da Igreja, sentado no chão ou abrigado debaixo dos portais.

Dizem que em tempos foi um homem bonito, agora não se percebe, sujo, confuso e agressivo, poucos se aproximam.

O que o destaca de outros é o seu cão, a única vez que a voz dele sai quase meiga é quando fala com o Urso.

Perco-me a imaginar os porquês da vida, da vida deste homem que chegou ao fundo, tão fundo que é difícil imaginar um regresso, mas o amor por aquele animal é algo que comove, vejo-o a dar comer ao Urso do pouco que consegue, pois a agressividade afasta quem tem boas intenções.

Ao contrário do que seria"normal" o cão está limpo e parece saudável.

 

É alguém que já nada tem, tudo perdeu, no entanto o amor por um animal continua intacto.

 

image_thumb[23].png Google imagens

 

 

Validade

A cena parecia tirada de um filme, ela num vestido maravilhoso, insinuante, lábios vermelhos, ele bem parecido, sorriso perfeito.

Sentados na mesma mesa ao jantar todos os dias, conversam, sorriem, dão as mãos, havia amor ali.

Durante 15 dias foi bom ver o amor, a cumplicidade, os olhares, toques e beijos furtivos.

 

No dia que pediram a conta, pediram também táxis separados. Tinham destinos diferentes, afinal o amor tinha data de validade, 15 dias todos os anos, há 10 anos que assim era.

A felicidade tinha um prazo que eles respeitavam religiosamente. E viviam para estes dias de felicidade.

 

jantar-romantico.jpgGoogle imagens

 

Pág. 1/4

Arquivo

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.