Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Histórias Irreais

São pedaços de vida, são desabafos de uns e outros, são partilha

São pedaços de vida, são desabafos de uns e outros, são partilha

No café

Numa mesa afastada no café, parecia alheio a tudo ao redor.

Pedi licença, queria apenas beber um café, sorriu-me, dentes amarelos rosto enrugado.

Sente-se menina, eu até gosto de ter companhia.

Antes de saborear o café, atirei para o ar:

- O que faz o senhor aqui sozinho?

Olhou para mim, voltou a sorrir, suspira e diz:

- Gosto de vir a este café, vim durante 40 anos, mais a minha Amélia.

Perdeu-se em pensamentos novamente, eu insisto:

- Que aconteceu?

Olhou-me, sem sorrir agora e diz:

- Deixou-me, depois de tanto ano, embirrou que queria recuperar a vida que perdeu comigo.

Fiquei sem palavras, só o olhei com cara de parva provavelmente, continuou:

-Sim, agora depois de velha é que é gaiteira, em nova nunca se arrumou, agora parece uma árvore de Natal.

Mas eu continuo a vidinha de sempre, ele vai vir cá menina, acredite.

 

 

Acabei o café, despedi-me e saí, e acreditei.

 

 

 

images.jpg

 

Arquivo

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.