Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Histórias Irreais

São pedaços de vida, são desabafos de uns e outros, são partilha

São pedaços de vida, são desabafos de uns e outros, são partilha

Um estranho

Histórias (Ir)reais

 

Olhava-se ao espelho e via as pequenas rugas, os olhos claros, os fios de cabelo que teimavam em sair da trança, lábios finos, rosto corado.

Relembrou os detalhes da noite, a camisa de seda e as calças justas espalhadas pelo chão, o casaco sobre o sofá, os lábios quentes sobre os dela, as mãos que lhe percorreram o corpo.

Da noite quente nos braços dele restou o acordar sozinha numa cama imensa, sem uma palavra o estranho foi-se, sem deixar um contacto.

Eduarda sabia que estava atrasada, arrumou o cabelo, passou o batom e saiu apressada.

 

sozinhaa.jpg

 

Vitória Antunes

Arquivo

Todos os textos são da autoria de Vitória Antunes. As fotos são retiradas do Google imagens, se alguém se sentir lesado entre em contacto, serão retiradas.

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.