Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Histórias Irreais

São pedaços de vida, são desabafos de uns e outros, são partilha

São pedaços de vida, são desabafos de uns e outros, são partilha

Sem rumo

Histórias (Ir)reais

 

Andava sem rumo, sentia que precisava de estar em algum sitio a horas certas.

Não conseguia lembrar-se, deram-lhe a mão e a sorrir disseram – Avó é por aqui, anda comigo.

Deixou-se levar por aquela mão pequenina, sem saber quem era, sentiu o carinho, a ternura no olhar da menina.

Ao chegar a uma casa pintada de branco, cercas verdes, flores plantadas desde  a entrada do portão até à porta de entrada, sentiu que era ali que devia estar, chegara a horas.

A menina correu para os braços da mãe parada na porta e diz a gritar – Mãe, mãe encontrei o avó, não chores mais.

Entre risos e lágrimas abraçaram-se os três e juntos entraram em casa.

 

 

avoeneta.jpg

 

Vitória Antunes

Arquivo

Todos os textos são da autoria de Vitória Antunes. As fotos são retiradas do Google imagens, se alguém se sentir lesado entre em contacto, serão retiradas.

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.