Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Histórias Irreais

São pedaços de vida, são desabafos de uns e outros, são partilha

São pedaços de vida, são desabafos de uns e outros, são partilha

Esperava

Passava a tarde sentado no banco do jardim, de cigarro na mão, absorto em pensamentos.

Todos o conheciam e questionavam porque estaria ali, todos os dias, sozinho sem nunca falar com ninguém.

Uns diziam que esperava pela mulher amada, outros afirmavam que tinha uma doença grave, e ainda havia quem garantisse que era apenas maluco.

Na realidade ele esperava sim. Esperava o dia de reencontrar a mulher amada. Estava doente sim, de saudades. Era maluco sim, por ela, desejava o reencontro.

Passava ali as tardes onde tinham sido felizes. Recordava o riso dela. Esperava há dez anos o dia em que o coração parasse, para finalmente estar junto dela. Só aí fazia sentido a vida dele, na morte.

 

homem_sentado_num_banco800x600.jpg

 Google imagens

 

6 comentários

Comentar post

Vitória Antunes

Arquivo

Todos os textos são da autoria de Vitória Antunes. As fotos são retiradas do Google imagens, se alguém se sentir lesado entre em contacto, serão retiradas.

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.