Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Histórias Irreais

São pedaços de vida, são desabafos de uns e outros, são partilha

São pedaços de vida, são desabafos de uns e outros, são partilha

Às cegas

Histórias (Ir)reais

 

Quando se levantou naquele dia cinzento não supunha as surpresas que o dia lhe traria.

Tinha combinado um encontro às cegas, farta de ouvir amigas e familiares a perguntar por namorado, não tinha, nem conhecia ninguém que quisesse para namorado, com algumas desilusões amorosas não lhe apetecia arriscar de momento.

Mas na noite anterior  descobriu um site que estava a organizar um speed party e num impulso inscreveu-se.

Chegada a noite vestiu um vestido justo, pintou os lábios, calçou os sapatos de salto alto, olhou uma vez mais no espelho, gostou do que viu e saiu.

Eram somente 4 minutos para perceber se existia empatia, a noite não estava a correr bem, um divorciado com a mania que era engraçado, um outro que só falava, não ouvia, e ainda outro que embora simpático não sentiu vontade de continuar, até que foi a vez dele, mesmo antes de falar olhou aqueles olhos verdes sorridentes e sentiu todo o corpo tremer.

Escolheram-se mutuamente o resto da noite. E o resto das noites também.

 

sensualidade_2.jpg

 

10 comentários

Comentar post

Vitória Antunes

Arquivo

Todos os textos são da autoria de Vitória Antunes. As fotos são retiradas do Google imagens, se alguém se sentir lesado entre em contacto, serão retiradas.

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.