Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Histórias Irreais

São pedaços de vida, são desabafos de uns e outros, são partilha

São pedaços de vida, são desabafos de uns e outros, são partilha

Amizade

 

 

Um texto meu já antigo, mas sempre actual.

 

A amizade antes de mais constrói-se. Como todos sabemos não olhamos para alguém e dizemos: somos amigos.

Temos de fazer por isso, e ir construindo os alicerces para construir e manter a amizade.

 

Como todos os "amores" é algo sempre recíproco, do tipo, tu dás, eu dou, nós damos.

Amizade não é dar palmadinhas nas costas, abanar a cabeça e concordar sempre com o outro. Amizade é dar um "estalo" ao outro se o vê ser  burro/a, parvo/a. Ajudar acordar para a vida, não ajudar a enterrar, é dar na cabeça, mas é também cuidar, preocupar-se, não tem de ser todos os dias, a toda a hora, e NÃO é com certeza só quando NÓS precisamos, temos de estar atentos, e saber quando o outro precisa. Não podemos reclamar uma atenção que nós não tivemos, damos, recebemos. Muitas vezes só damos durante muito tempo, mas eventualmente acabamos por receber naquele momento que precisávamos mesmo!

 

Escrever e dizer a toda a hora que somos muito amigos e que a vida é injusta porque só damos, não faz de nós melhor amigo, faz de nós alguém que não merece a amizade que exigimos, ou não o fez para merecer e continua a insistir num erro crasso, numa ilusão que só nós vemos ou pior ainda, faz de nós burros por acharmos que toda a gente que vimos meia dúzia de vezes é nosso amigo!

 

Quando não fazemos nada ou estamos indisponíveis durante algum tempo, não podemos exigir que os outros estejam sentados à espera que nos apeteça estar com eles, que naquele momento estamos disponíveis!

Não meus " amigos/as" estamos disponíveis ou não, ponto.

Em qualquer altura um amigo TEM de estar disponível, nem que esteja com o mundo virado ao contrário, mas ouve e fala, mas TEM de estar disponível, não podemos ficar disponíveis para os amigos quando nos dá jeito!

 

Portanto, amizade é basicamente amar alguém, com todos os defeitos e virtudes, é rir, é gozar com o outro, é proteger o outro, dar na cabeça, ralhar, mas essencialmente é estar lá quando o outro precisa sem pensar que só damos, porque se é amizade, vamos receber também um dia.

 

É isso, amizade é dar e receber, mas tanto o dar como o receber não é exigido, não é cronometrado, não é condição. É no dia e na hora que o outro precise.

 

E um amigo/a não precisa se ser lembrado que o é, ele/a sabe, sente.

 

Depois temos os conhecidos que são  muitos, com alguns até temos empatia, mas são...conhecidos que por várias razões não se tornaram amigos, mas é assim a vidinha, os amigos só são bons, porque não são assim tantos, senão eram banais e era tudo conhecidos!

 

ranhosas.jpg

 Nazaré

 

6 comentários

Comentar post

Vitória Antunes

Arquivo

Todos os textos são da autoria de Vitória Antunes. As fotos são retiradas do Google imagens, se alguém se sentir lesado entre em contacto, serão retiradas.

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.